Vídeos com alguma facécia

Agora é possível desfrutar de alguns vídeos relacionados com os textos. Para isso basta carregar no título do post. O título é aquela coisa a Negrito, com umas letras maiores, e que antecede as profícuas palavras deste blog. Advertência: Caros leitores, estão completamente proibidos de ver os vídeos antes de lerem as barbaridades escritas, correndo o risco de serem atingidos por uma comichão deveras desagradável na zona da púbis, seguido de pé-chato nas mãos e escorbuto nos tornozelos.

Friday, April 29, 2005

Balões

Depois das escutas telefónicas, está fora de hipótese Pinto da Costa, Valentim Loureiro e os outros arguidos comunicarem utilizando a invenção de Bell (ou Meucci, conforme as opiniões)! Mas a verdade é que a PJ está plenamente convencida que os arguidos comunicam entre si. A NAV (empresa gestora do espaço aéreo português) observou um movimento anormal nos céus portugueses; contactou a Força Aérea Portuguesa, que observou o mesmo fenómeno. Depois de se indagarem do porquê de tantos pontinhos verdes nos radares chegaram a uma conclusão. Os arguidos do processo Apito Doirado (promovo, sempre que possível, a troca do u pelo i, tornando-me assim mais bem, visto nunca esquecer a palavra que destrinça um benzoca da vulgar escumalha: piqueno; o segredo está no uso abusivo de is) comunicam através de balões! Usam uma táctica arcaica mas muito produtiva. Tombou no nosso blog uma mensagem perdida (caiu em cima do JMP que recupera num Hospital de Lisboa que ainda tenha urgências). Depois de conferenciarmos (1.2 nanossegundos) decidimos partilhar o conteúdo da mensagem:


Agora que o Major está de volta, volta-se a acreditar. O S. Jorge vai voltar para o lugar dele e já não mata o Dragão! O café com leite devia voltar a entrar na ementa do pequeno-almoço. Estou farto de chocolate em pó... Sua eminência continua a comer Galak Buttons com Champomi?

"E.L.E.S. e _"

Começa o post!

Sempre sonhei dar um tiro de partida, mas nunca tive oportunidade... :
Deve-se a grafia alternativa deste post aos "Meninos-do-Software-Livre-e-o-Raio-Que-Os-Parta" e "O-Linux-eh-Bueda-Bom-e-Somos-Todos-Alternativos". A eles o meu sentido obrigado por nao ter messenger, nao aceder a varios sites, escrever aqui sem acentos (sim, ja que estou numa fantastica estacao de trabalho Sun, configurada certamente por pessoas que nao os usam de qualquer modo).

Epah, pela primeira vez na vida senti-me cool!! Ou, melhor ainda, k001!
Yeah! Tomem lah porcos capitalistas!! Vou trabalhar acorrentado numa cave a comer sandes de atum e a jogar RPGs online!


Bom, com este desabafo todo (convido os meninos supracitados a discutir o assunto comigo, o que naturalmente levara ao termino da conversa por exaustao, ja que pelo menos da minha parte o calo ja vai grande...) ja me perdi!

De volta ao assunto!

Whoooooa!! Pareço a Catarina Furtado com estas exclamaçoes todas!! "Para o PAAALLCCOOO!!!"

Bom, desta eh que eh:
Quem sao "E.L.E.S."?

Sobretudo, quem eh "_"?


Ora bem, respondo com uma pergunta: quem eh que ja viu o Telejornal?

"Ja soube que se pode apanhar cancaro nos ratos dos computadores? Foram ELES que disseram!"

"ELES dizem que comer 8 bitoques por dia faz mal"

"Li outro dia um artigo e ELES diziam que comer verduras sem ter lido o e-mail faz aumentar as diopterias" (esta do artigo eh demais... se qualquer coisa que se diga for precedida de "li num artigo" ateh parece que eh mesmo verdade!)

Ou mesmo o "... diz que sim!"
La esta! Quem, eh que diz que sim??? O "_"!!!!

Resumindo, "E.L.E.S." e "_" sao referencias abstractas, normalmente usadas quando nao se sabe muito mais sobre o assunto e se quer transferir a responsabilidade de explicaçao para outros, procurando dar um ar de veracidade ah coisa.

O Troll arreganha a boca amarela e desdentada em triunfo e prepara-se para festejar mais um post de "serviço publico do bom" quando, de repente...

vozinha amaricado-bloquista: "E.L.E.S. e uma sigla e, por isso, requere explicaçao... o Sr. Troll deu uma resposta manifestamente curta e desprovida de verdadeiro significado! Foi uma chalaça indecente!"

Troll: "O Sr. veste-se lindamente, deixe que lhe diga."

vozinha amaricado-bloquista: "Essa foi baixa"



Continuando... Profitrolls deslindou (que bela palavra) o enigma e revela-lhe em primeira mao!

E.L.E.S. sao quem tudo sabe...
E.L.E.S. sao influentes...
E.L.E.S. sao valentes e mudam mais de roupa interior que eu!!

Sao os Elementos de Ligaçao a Educaçao e Conhecimento!

Ta muita bem caçada, nao ta?

Nao?




Pois, a unica pessoa que achou que sim foi o AMAFAS e acho que foi para me encorajar a postar... gaita! Cai que nem um Trollinho...


Termino, com a sensaçao insuportavel de mais um post sem escrever sobre "bola". Ta a custar, mas vale a pena... eh para verem que tambem penso noutras coisas.




------ZORFA (ZOna de Referencia Futebolistica Aleatoria---


.---. .-----------
/ \ __ / ------
/ / \( )/ -----
////// ' \/ ` ---
//// / // : : ---
// / / /` '--
// //..\
===UU====UU====
'//||\\`
''``



Desafio da semana, a valer uma t-shirt Profitrolls
(que nunca sera entregue porque voces nao tem forma de confirmar)

Qual eh clube qual eh ele?
Pequena ajuda:
B_NFIC_
------FIM ZORFA--------------------------------

------FIM OFICIAL DO POST------


Dedicada ao AMAFAS: Tou a levar 5-3 mas vou deixar chegar aos 6-3 para termos um deja-vuzinho que tao bem sabe neste fim de campeonato...

Depois, esta perda eh toda minha!!
Ou seria "merda"?

Jah estou como a Guidinha Rebelo Pinto: Sei lah!

Mente-me que gosto

"O primeiro-ministro britânico, Tony Blair, é mais mentiroso do que os líderes dos dois principais partidos da oposição, segundo uma sondagem publicada hoje no jornal "Daily Telegraph".

De acordo com o estudo de opinião, 58 por cento dos inquiridos afirmam que o chefe do Governo britânico "mente para ganhar as legislativas" de 5 de Maio.

Apesar deste resultado negativo para Tony Blair, os seus opositores directos também saem beliscados no inquérito: o conservador Michael Howard mente na opinião de 51 por cento dos inquiridos e o liberal democrata Charles Kennedy mente para 22 por cento.

As últimas sondagens sobre as intenções de voto dos britânicos dão uma vantagem de quatro por cento aos trabalhistas de Tony Blair (36 por cento) sobre os conservadores (32 por cento). Já os liberais-democratas deverão recolher 12 por cento dos votos."

Ora, não parecem restar dúvidas que os eleitores sabem e gostam de ser enganados.

Segundo as últimas informações a que tivemos acesso, aqui ficam as últimas promessas de campanha de cada um dos candidatos, na expectativa de melhorar os seus scores respectivos:

- Tony Blair:
"Irei proceder à nacionalização do Chelsea FC, generalização do Serviço Nacional de Saúde gratuito, e implantação de uma tarifa especial de entrada de franceses em Inglaterra, através do Túnel da Mancha."

- Michael Howard:
"Procederei à distribuição gratuita de pints de Guinness em toda a Inglaterra, anexarei a França pela força e nomearei Margaret Thatcher Ministra das Finanças vitalícia"

- Charles Kennedy:
"Prometo que Tony Blair e Michael Howard deixarão de mentir aos ingleses, que a selecção inglesa vencerá todos os próximos Campeonatos do Mundo de futebol, rugby, críquete e polo e que o "steak and kidney pudding" será a refeição mais ingerida em todo o mundo no prazo de 5 anos, através da criação de um franchising de comidas rápidas"

Profitrolls nota o desespero crescente na elaboração de promessas...

Faz atenção, D. Zara!

José Sócrates apresentou hoje, na Assembleia da República, "seis medidas práticas" para combater a morosidade e os estrangulamentos na Justiça.
E, ao contrário do que muitos pensavam, as "seis medidas práticas" não são as medidas do pronto a vestir: XS, S, M, L, XL e "só serve ao Jô Soares", respectivamente.
Na verdade, e ao que se sabe, as medidas são outras e foram apresentadas pessoalmente a todos os srs. deputados presentes na sessão de hoje da AR, respectivos chefes de gabinete, funcionários parlamentares e demais staff com beijinhos e cumprimentos, posto que foi excluído por este governo o já tradicional beija-mão.
Algumas reacções que foi possível obter:
Nuno da Câmara Pereira: as seis medidas são, na verdade, muito simpáticas e até deveras atraentes. Pena que eu seja casado e muito conservador e moralista, o que sempre me impediu de dar um pulo para fora da cerca, salvo aquelas noites loucas no Elefante Branco, mas isso não vale para estas contas...
Odete Santos: Não gostei, de todo. Aquele ar demasiado emproado e até neo-capitalista não me inculca grandes esperanças quanto ao seu desempenho e resultados. Por outro lado, reparei que traziam nos pés sapatos do "Calçado Guimarães", onde tantas crianças em idade escolar trabalham como verdadeiros adultos. E acho que está tudo dito...
Telmo Correia: Bem, sempre é melhor perder para o Ribeiro e Castro que para o Matos Chaves. De qualquer das formas, acabei por não ficar para a sessão, fui ao cabeleireiro do Centro Comercial da Mouraria dar um jeito ao cabelo. Ficou bem este frisadinho "lá das colónia", não?
Francisco Louçã: As medidas são populistas, demagógicas, fáceis, e de conteúdo pseudo-puritano questionável. Não concordo com elas. Aliás, entendo que este governo não tem legitimidade para falar de medidas práticas se não tem nenhuma em casa nem gerou uma vida humana. Que não gerou, refira-se.
Manuel Alegre: Parece-me óbvia a necessidade conjuntural de adoptá-las as seis. Aliás, já dizia o poeta, que até sou eu:

outro é o tempo
outra a medida [prática, como é óbvio]


tão grande a página
tão curta a escrita


entre o achigã e a perdiz
entre chaparro e choupo


tanto país
e tão pouco

O MNE e a ganza


O porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros afirma que o apoio ao português Ivo Ferreira, detido há três semanas no Dubai por consumo de haxixe, começou a ser prestado no dia seguinte à sua detenção.
O pedido de clemência ao Governo do Dubai foi feito apenas ontem, mas a família de Ivo Ferreira garante que já pedira ajuda há semanas.
O Ministro dos Negócios Estrangeiros, Prof. Freitas do Amaral disse - em exclusivo a Profitrolls - que não teve tempo para analisar o processo porque se encontrava em Bruxelas a discutir a seca (sic) e, entre um bafito no seu charro e uma curta mas delicada operação de retirada de cera dos ouvidos com a unha do dedo mindinho, lá deixou escapar que "o miúdo estava a pedi-las... Drogado!"

Thursday, April 28, 2005

Secretamente Social (5ª das Celebridades)

Analogia entre a 5ª das Celebridades e "livros":

Alexandra Fernandes tal como um livro do Paulo Coelho: fraco, inócuo, destituído, amplificado.

Elsa Raposo (já ida com os tós) tal como um livro da Margarida Rebelo Pinto: leviano, vão, árido, exibicionista, volúvel e ordinareco.


Arlinda Mestre enunciou:

O meu namorado foi preso por roubar, mas ele roubava aos ricos para dar aos pobres!

Já que, pelos vistos, estamos num momento de revelações, eu acompanho:
Eu sou o Pai Natal, se bem que, com uma barba de 3 dias (estilo blasé) e já emagreci dez quilos. Continuo a usar fato encarnado debruado a branco, mas já me deixei das renas. Agora uso uma furgoneta, estilo hippie (sim, ando a tentar tocar um pouco de cada estilo), toda pintada a graffities! Os presentes vão chegando como podem. Desde que coloquei ex-funcionários públicos portugueses na linha de atendimento e de montagem, a burocracia centuplicou. Ainda não percebi porquê...
Também já fui o Coelhinho da Páscoa mas fartei-me. Era muito repetitivo!

Wednesday, April 27, 2005

O Farfalha

"O pintor de construção civil José Augusto Pavão, conhecido por "Farfalha", foi hoje condenado pelo Tribunal de Ponta Delgada a 14 anos de prisão por abuso sexual de menores. Dos 18 arguidos do processo de pedofilia dos Açores, 14 foram condenados."

Intriga-me bastante a indicação que seria conhecido por "Farfalha". Mas seria conhecido por quem?? Apresentamos alguns diálogos possíveis entre este senhor e os seus possíveis "conhecedores".


Criançola açoriana abusada: senhor José Augusto Pavão, por favor não me faça isso.

Farfalha: Cala-te miúdo, não sejas parvo! E, já agora, por favor podias tratar-me por Farfalha?

*****

Merceeiro de Ponta Delgada: ó senhor José Augusto Pavão, vai levar novamente meia dúzia de carcaças, um pacote de Becel e uma caixa de preservativos anatómicos sem pagar? Olhe que eu não vendo fiado, não pode ser!

Farfalha: Hmmm..., tem razão. Então levo só os preservativos que a criançola está à minha espera na garagem. E, já agora, por favor podia tratar-me por Farfalha?

*****

Dr. Juiz de Direito do Tribunal de Ponta Delgada: senhor José Augusto Pavão, quanto à matéria constante da acusação, que acabei de ler, e de que é acusado, o que é que tem a dizer?

Farfalha: Sr. Dr. Juiz, o que eu não aceito, de forma alguma, é que me trate por José Augusto Pavão. Podia tratar-me só por Farfalha?

*****

Amigo do Farfalha, abusador de crianças: Farfalha, despacha-te que as crianças já estão na garagem. Hoje vai ser uma loucura!

Farfalha: Vou já, pá. E que confianças são essas? Para ti, é senhor José Augusto Pavão. Olha que esta...

Carrilho e a Câmara

Manuel Maria Carrilho está já a preparar convenientemente a sua próxima luta, a corrida à presidência da Câmara de Lisboa nas eleições autárquicas deste ano.

Para tanto, tratou de espalhar, à boa maneira de Pedro Santana Lopes, gigantescos cartazes como os seguintes dizeres:

"Estamos a trabalhar num projecto para Lisboa"

Ora, desta singela frase várias verdades emergem:

1- O projecto está a ser trabalhado. O que significa que ainda não existe. Aliás, dúvidas subsistem se existe, sequer, um "projecto de projecto". O que é grave a 5 meses das eleições. A táctica do "logo se vê" veio para chegar.

2- O projecto é colectivo. Tão colectivo que, ao que soube Profitrolls, junta a Manuel Maria Carrilho, para além de Bárbara Guimarães ("guru" da coisa), o filho de ambos. E já são suficientes...

3- O projecto não é para Sintra, Queluz ou quaisquer outros arrabaldes. É mesmo para a Lisboa. Por exemplo, organizar concertos de música clássica no novíssimo Pavilhão Carlos Lopes, de música barroca no futuro túnel das Amoreiras ou sessões de declamação de poesia neo-realista na rua principal de Caselas.

Tuesday, April 26, 2005

Presidente Loureiro

Depois de Valentim Loureiro reassumir a Presidência da Metro do Porto e da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, vindo com todo o balanço, não me assombrava se assumisse a Presidência do Conselho de Ministros, da Presidência da República, ou até da Presidência da Comissão Europeia. Cuidado Durão, cuidado Sampaio, cuidado homens e mulheres com responsabilidades em Portugal e além-mar. O Major está de volta e a todos deixa em sentido (mesmo que de roupão)!

"Benfigal, mais uma pontinha do véu"

Num post-relâmpago, quero apenas salientar o Benfiquismo de (mais) uma Santa Trindade de Líderes Políticos e aproveito para, ao mesmo tempo, lançar ainda outro furo jornalístico! Aqui vai...

"Todos os autores deste supimpa blogue são Benfiquistas ah entiga!" ... e esta, heim?

O que é que ser autor deste blogue tem a ver com liderança política?
Oh por favor... consulte-se o seguinte post.


O quê?
Claro que enviamos o NIB via e-mail! Só não está aqui na página porque da última vez que fomos tão ingénuos recebemos uma chamada da Direcção Geral de Contribuições e Impostos com ideias de que estavamos a fazer lavagem de dinheiro... cogito ergo sum, somos demasiado populares para uma façanha dessas.

Sem mais,

"Portugal, rumo ao Título!"
in Manifesto Eleitoral do P.B.C.

Benfigal: Fase 1

A fase 1 está completa.

Depois da vitória de Ribeiro e Castro no conclave do CDS/PP, José Veiga completou a primeira fase de um plano que pretende evangelizar o país e quem sabe até Trás-de-Outeiro. Depois de Louçã, Sócrates, Jerónimo e Marques Mendes (por ordem de chegada aos poleiros), eis que Ribeiro e Castro arrebata de forma surpreendente (para quem não conhece Veiga) o Partido Democrata Cristão Popular Eternamente em Metamorfose.

José Veiga, mais conhecido como Zé Veiga, pretendia colocar no comando dos partidos com assento parlamentar benfiquistas de gema! Foi esta a razão que levou Veiga a preferir Ribeiro e Castro a Telmo Correia (um belenense convertido ao benfiquismo).

Zé Veiga espera receber dividendos desta mega-operação. Quando Luís Filipe Vieira disse que o mais importante era a Liga, estava a falar da ponta do calhau congelado. Depois da Liga vieram - de forma natural, diga-se - os partidos políticos, o Primeiro-ministro e a fase 2 culminará no Presidente da República.

Algum tempo atrás Vieira falou em 500 mil sócios. O Rei dos Pneus não o alvitraria sem um plano cuidado. O plano necessitava da colaboração de todos os partidos com sofá na Assembleia. O plano reza (até a sucessão do Papa - Ratzinger é amigo de Trapattoni - tem o dedo de Veiga) da seguinte forma:

Avé Maria, cheia de garças...

Deixando-me de zombaria. Aquando das próximas eleições, será colocado no verso de cada boletim de voto a seguinte inscrição:

Sport Lisboa e Benfica, recebe-me como teu associado; prometo ser-te fiel, amar-te e respeitar-te, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, todos os dias da minha vida. É por minha livre e espontânea vontade que me torno sócio do Sport Lisboa e Benfica, autorizando o débito das quotas mensais. Provando a veracidade destas afirmações irei colocar uma cruz num quadrado do outro lado do papel.

Neste momento pensam:

Tu és muito esperto mas deste um erro na oração. Não é garças, é graças! E além disso, como é que se sabe quem é quem, se o voto é secreto?

É secreto para a maioria. Os conferidores das assembleias de votos sabem quem vai ou não votar (não berrassem eles os nossos nomes, provavelmente para alguém no exterior da escola saber que cumprimos o dever cívico)! E são esses que, enquanto o votante faz a sua cruz, assinalam o nome do novo sócio-ignorante! O último passo - que ainda não tem número porque Veiga só conhece o um, o dois, e de 100 mil para cima - será mudar o nome de Portugal para Benfigal (embora não seja pacífico, já que não é muito agradável ter um país com nome de adubo ou stand de automóveis).

José Veiga não negou nenhum destes factos, quando confrontado por Profi Trolls (noutro furo jornalístico, a que habituamos constantemente os nossos leitores), negando categoricamente, no entanto, qualquer relacionamento com o facto de Manuel Monteiro ser também benfiquista. O ex-empresário perguntou-nos se Manel Monteiro não era aquele português na Fórmula 1, confundindo o PND com Post Natal Depression.

"Breaking News"

"Epáááá!! Ganda cena!! O Papa morreu!!" ouviu-se de manhã no meu quarto, enquanto bafejava bolhinhas do Guronsan.

(meia hora antes...)
9 a.m.
Liguei o Messenger, acabado de chegar a casa, e era mesmo verdade! Karol estava offline e com um nick esquisito: "Malta, mudei-m! Novo contakto -> jp2@heaven.com ou jp2@hell.com (o último tem redirecionamento)"

Estava eu a tentar re-adicioná-lo quando me aparece uma janelinha laranja a piscar... era um tal de Reiziger e demorei a lembrar-me de onde o conhecia...

O Google resolveu-me o dilema... não admira que não me lembrasse! A última vez que tinha falado com o menino, estava ele no Barça!

Aqui vai um transcript:

"JMP: Hey! Ganda maluco!!!

Ratzinger: Tudo baaaiiimmmm maaannnn??

Ratzinger: Mudámos de gerência... o Carlos foi fazer tijolo e tou eu d posse da tasca!

JMP: Tás-te a passar concerteza... ainda há pouco tempo falei com ele e ainda conseguia piscar o olho direito!

JMP:...

JMP: Epa, não acredito nisto... ouve lá uma coisa: como é que podes estar a tomar conta da tasca se és negro?? O Google não mente!!

Ratzinger: Não sou nd!! Tás doente ou q??

JMP: Mau...!

Ratzinger: A sério! Epah, se n acertas com Ratzinger, podes chamar-me Bento!
Ratzinger's nick is now 'Bento16'

JMP: Aiaiaiaiai!! Agora até à baliza o menino joga??!?!

Bento16: Estás outra vez com os copos!! Vai lá dormir, menino... nunca mais te levo a Santos...
Bento16 is offline"


Estou eu a lutar com as paredes da casa para cumprir o sábio conselho do meu mestre de copofonia quando, subitamente, se faz luz!

"Epáááá!! Ganda cena!! O Papa morreu!!"

O último neurónio já picava o ponto para sair quanto volta atrás e deslinda heroicamente o mistério! João Paulo II morreu e estive a falar no MSN com o seu sucessor, que foi certamente aconselhado por Karol a contactar-me para as grandes decisões!

Olhando para a ficha, até se compreende a história!

De JP2 a Bento16 numa frase:

"Siempre criticado, casi siempre a punto de partir. Pero, al final, es útil para el equipo. Un defensa de banda derecha de tremenda fortaleza."

Se 'casi sempre a punto de partir' me lembra o companheiro inseparável de copos, a última frase aponta claramente o sucessor...

É a vida. Há que olhar para o futuro!

Força Bento, o Campeonato é nosso!


P.S. Sou Grande! Pela primeira vez consegui não falar de Futebol num post! Yeeeeeesssssssss!

Programa sem Pontos de Exclamação

About:

Estamos a trabalhar num Projecto para Lisboa.

Não percebo. Então o logótipo de Carrilho não vive dos pontos de exclamação? Onde andam eles na frase de campanha? Começa bem, começa!

Amigo Carrilho, não se perdia nada se parasse de filosofar, melhorasse o sorriso, melhorasse o gosto para casacos e pentados, acabasse o "Programa" e falasse "dele" antes das eleições...

Friday, April 22, 2005

WWW.POPE.COM

O Papa Bento (não é tapa-vento) XVI já tem e-mail (em inglês, italiano e até em português), em notícia avançada pelo Público. Depois de João Paulo II é a vez do novo Papa ter caixa postal electrónica. Enquanto Cardeal Ratzinger era-lhe conhecido um site de fãs e fãos. O site do Papa (www.pope.com) está em construção (tal como o do CDS/PP, mas o Vaticano já tem líder) e terá como primeira questão no fórum papal:


Acha que Ricardo Sá Pinto agiu de forma católica ao não fornecer a outra face ao sacripantas ateu do delegado ao jogo do Boavista (dando-lhe um pequeníssimo toque - quase sem querer - na perna)?

SIM_____O

não__________________o

Assinale a resposta correcta e no caso de a sua resposta ser a mais votada, habilita-se a um sorteio. O sorteio será feito na presença de elementos do Governo Civil do Vaticano e tem como prémio único uma viagem até ao Hawaii para duas pessoas. *

Boa Sorte!

*O prémio deve ser reclamado no espaço de 30 segundos. O Vaticano tem o direito de mudar os regulamentos do concurso sem aviso prévio. Apenas são admitidos a concurso jovens de idade superior a 99 anos, virgens (ida ao ginecologista implica desqualificação), com conhecimento completo da Bíblia (sem recurso a auxiliares de memória - não é permitido o uso de calculadora), código moral elevado (acima do número 100.000), ódio ou desconhecimento da existência de outras religiões (desconhecimento é factor preferencial) e ter defendido publicamente (pelo menos uma vez) que o Papa João Paulo II era um liberalão desmedido.

Thursday, April 21, 2005

Americanos invejosos

Cá pela Lusitânia, já me habituei a levar com apelidos engalanados. Refiro-me obviamente a uma recorrente duplicação de consoante (maioritariamente nos dois últimos apelidos). Ninguém ficou indiferente a uma proliferação de Mottas, Mattos, Mattas, Vasconcellos, Salles, Mellos, Ávillas, Bacellares, Brittos, Caettanos, Nettos, Pittas, Basttos, Sottomayores, Varellas, entre muitos outros.

O grande problema é que a moda alastrou até ao outro lado do Atlântico. Estava eu a ver, um nome que me fartei de ouvir, quando pensei:

-Americanos de um raio! Não podem ver nada!

Então não é que a Secretária de Estado norte-americana, excedendo todos os limites, introduziu duas duplicações; dois zês e dois és. Assim sendo, temos a espatafurdia graça: Condoleezza! Eu compreendo que, alguém que acaba o nome em Arroz tem de desviar as atenções para algum local, mas não necessariamente para o lado!

Este facto reinventa a história da duplicação de letras nos nomes. Vamos com toda a certeza deixar de obervar o primado das letras t e l na duplicação portuguesa, para observarmos monstruosidades como: Carraaçças, Gaspparees, Varggaas, Gommees, ou até Marqquues! Vai ser o fim do acordo ortográfico, assim como o (des)conhecemos nos nossos dias. Até os brasileiros vão sentir vergonha dos nossos apelidos (já estarei a exagerar).

Repito: os americanos não podem ver nada!

O choque tecnológico paga-se

Mais 10 cêntimos por informação sms e videovigilância, não é muito, ou foi?

Wednesday, April 20, 2005

Resposta ao repto: "Fora de prazo"

Depois de ler o poste do meu bom amigo JMP, intitulado "Fora de prazo", decidi seguir o seu conselho (convém ir ler, é só carregar nas letras azuis - se tiver algum tipo de dificuldades, o Profi Trolls oferece uma semana grátis no Centro Helen Keller)!

Iniciei assim a minha dieta de produtos fora do prazo (aviso mais uma vez que seria mesmo conveniente lerem o que ele escreveu - AZUL, letras a AZUL)! A panóplia de produtos escolhidos não podia ter sido mais variada. Fui, obviamente, influenciado pela nova Roda dos Alimentos.
Ingeri então, uma caixa de cereais Miluvit (ainda com o Vitinho na capa) de 1983; bananas recusadas pelo primata que interpretou o papel de Chita, na primeira aparição em filmes do Tarzan; iogurtes Vigor (ainda na era pré-Danone) e leite UCAL (na era pré-Parmalat); bifes do primeiro touro morto em Barrancos, tranches de pescada abalroada pelo Titanic e ovos em que já se ouvia um ou outro piu; tomate da primeira lata fabricada pela Compal (1952) entre outras coisas que achei por bem não referir.


Após este pitéu, fui cobardemente atacado por uma diarreia interminável. Apercebendo-me que talvez estivesse perante um efeito secundário do repasto, dirigi-me à Urgência do Hospital de S. José, infelizmente encerrada. Decidi então automedicar-me com dois Maxilase (1982) de seis em seis horas; Redrate (1955); Ben-U-Ron do tempo do Papa João XXI; e óleo de fígado de bacalhau, elaborado pela minha bisavó, quando celebrou o seu 21º aniversário!

Encontro-me de momento em profundo delírio, com visões de duas em duas horas e debaixo de custódia policial, visto ter sido encontrado na cúpula da Basílica da Estrela, em trajes menores, bramindo: Ai... ai... ai... a minha barriguinha!

Erradicar o Al

Como é que ninguém se lembrou disto antes? Na volta, até se lembraram, mas os interesses instalados não dão descanso! A verdade é que numa conversa entre a minha pessoa e os inebriantes JMP e Zé_Halcon, deparámo-nos com o óbvio. Então não é que continuamos a utilizar vocábulos árabes? Defendemos, evidentemente, a extinção desta submissão aos muçulmanos, embora com motivações diferentes. Vou passar a explicar, utilizando a nova linguagem portuguesa, sem influência árabe (mais ou menos)!

É absolutamente fantástico o número de palavras na língua portuguesa que têm o seu início com o artigo definido árabe AL. Vamos então erradicá-lo da nossa língua, por uma questão de prevenção. Não seria de estranhar se um qualquer se armasse com um colete de bombas e rebentasse o Lidl mais perto de Trás de Outeiro, enquanto proferia a atoleimada expressão: Calhando mato um porco!

Vai dai, combinámos deixar de utilizar o dueto mouro e maldito! Assim sendo:

Hoje, li gures que na prisão de Coentre, durante o moço, fugiram dois (ex-) detidos (Lexandre Buquerque e Varo Meida Vim). Um dos meliantes era garvio, enquanto o outro tinha residência no Entejo. Esta fuga imentou os noticiários das principais estações televisivas, numa tura em que o novo Papa, de nacionalidade emã, vitrava go, egremente, terando o inhamento da missa.

Agora digam-me, estará ou não, a língua portuguesa muito mais segura e imune a arvidades?

Tuesday, April 19, 2005

Temos Papa

O nosso blogue pode avançar em primeira mão uma notícia surpreendente vinda directamente da Capela Sistina, no Vaticano: hoje foi uma tarde de virote por causa da eleição no novo Papa.

Pois é, temos homem: Bento XVI.

O que o grande público não sabe é que nunca existiram 15 Bentos antes deste.

Na realidade, os Papas podem, de acordo com o direito canónico (ver edição de 2004 do Código de Direito Canónico e da Constituição Apostólica Universi Dominici Gregis, anotado e comentado por João César das Neves e Francisco Louçã), escolher à vontade o seu nome, bem como o número aposto nas costas da batina que irão envergar durante o papado.

Apenas estão proibidas, por terem sido retiradas pelas respectivas entidades oficiais, as seguintes associações nome/número:

- Maradona X

- Fehér XXIX

- Angola LXXIX

Annuntio vobis gaudium magnum Habemus Papam

Os topos de gama clericais escolheram entre os seus pares (embora se encontrassem em número ímpar - 115) qual o mais indicado para os dirigir! Joseph Ratzinger, além de ser coroado Papa, recebe um cabaz de Natal, um cheque-disco, um ramo com 666 rosas, uma semana na República Dominicana com "sistema de pulseira", três sessões num SPA, um Mercedes "papamobile" CDI, uma cadeira de rodas electrónica e um jantar no restaurante "O Barbas", na Caparica.

O Cardeal alemão escolheu Benedito XVI como nome pelo qual será conhecido em todo o mundo, em particular, e no Universo em geral! Bento, é certamente uma aclamação a Bento Algarvio, campeão do Mundo da TWBA (boxe) na categoria Super-Plumas, no último Sábado, no Casino de Vilamoura, dando uma alegria aos portugueses por todo o mundo.

Com 78 anos, o novo Papa não terá um Pontificado longo, dando a entender que existirá alguém na retaguarda, um pouco à semelhança do que sucede no PSD. Marques Mendes ganhou, mas será outro no momento da verdade! Existe um sentimento de transição e não de verdadeira actuação.

Soube-se, em Portugal, que caso o Cardeal Dom José Policarpo tivesse arrebatado o Colégio Cardinalício teria escolhido Benfica I como nome papal.

Monday, April 18, 2005

Em defesa da honra (5ª das Celebridades)

Para quem não concorda com os "defeitos" apontados a Maria Alice - vulgo Lili - resta relembrar que dizer estar vivo é o contrário de estar morto, não é menos inteligente que proferir existir num dado momento é a antítese de extinto!

Secretamente Social (5ª das Celebridades - novidades)

Ficámos a saber, ontem, que Lili Caneças passou a utilizar no seu vocabulário a expressão suburbana, da-ssse. Além deste pormenor, Lili emprega amiúde, o símbolo de apêndice que certos animais têm na cabeça e que lhes serve normalmente de arma defensiva ou ofensiva (elaborado através da extensão dos dedos indicador e mínimo, mantendo os restantes na forma de punho fechado), para livrar-se da jorna matinal, aquando do toque de alvorada, espargido por Batatinha da Câmara Pereira.


Momentos antes, um plano televisivo deixava Portugal suspenso. Aquando da presença, em simultâneo, de Filipa/e Gonçalves e Castelo Branco no ecrã televisivo, a Lusitânia indagou:

-Estamos a ver dois homens ou duas mulheres?

Cientistas libaneses, a tentar desvendar o mistério, ainda não chegaram a nenhuma conclusão, mas confirmam a masculinidade de Óscar!

Policarpo e o tabaco (já enjoa II)

O próprio fumo que emanar da chaminé da Capela Sistina, se Policarpo levar de vencida o conclave, poderá ser de tom amarelado.

Policarpo e o tabaco (já enjoa)

Cresce a preocupação nos conservadores das obras sacras do Vaticano. À medida que cresce a convicção que Policarpo pode ser um elemento a ter em conta, na denominada terceira via do terceiro dia (algo me diz que Dan Brown não vai deixar esta coincidência em mãos alheias), os conservadores e todo o movimento que zela pela manutenção das obras do Vaticano iniciaram um acérrimo ataque ao Cardeal português. A razão é simples: não querem ver os frescos e outras obras de arte amareladas. Já pensaram o que seria a Capela Sistina toda amarelada?

Friday, April 15, 2005

Questionário maldito

Circula na blogosfera um questionário, cujo propósito é ficar a conhecer o gosto literário de alguns blogueiros. Depois de esperar (indefinidamente) que algum blog se lembrasse que a opinião do Profi Trolls (blog de referência nos nossos quartos e casas de banho) poderia causar celeuma, choque e horror ou até algum título de penhor, decidi roubar, descaradamente, o questionário e respondê-lo.

1-Não podendo sair do Fahrenheit 451, que livro quererias ser?
R: Mas quem és tu para dizer que eu não posso sair do Fahrenheit 451? Se quiser saio e não tens nada a ver com isso! Mas que mania que esta gente tem de ser totalitarista! É assim que se fica após a leitura do livro! Além disso, Fahrenheit 451 é uma cópia rasca do 1984 e a relação de Montag com Clarisse é o mais pedófila possível!

2-Já alguma vez ficaste apanhadinha(o) por um personagem de ficção?
R: Mais facilmente fico apanhado depois de uma fricção nas costas do que apanhadinho (que termo tão pusilânime) por uma personagem de ficção! Eu sou apanhado pela minha namorada, que não é uma personagem de ficção, o que torna o relacionamento bem mais interessante e apaixonado. Ser apanhado por personagens imaginárias é triste; é vestígio de não-vida!

3-Qual foi o último livro que compraste?
R: Não tenho dinheiro para comprar livros! Isso é coisa para ricos. Já A Bola (isto sim, material de qualidade literária acima da média, sendo acompanhado no panorama literário português pela Dica da Semana - para os iletrados, o jornal do Lidl - e pelo Metro) custa os olhos da cara, quanto mais estar a pagar para cima de 15 imperiais por um monte de palavras (é assim que faço a minha comparação de preços; eu utilizo a Imperial-Moeda). E para esmorecer ainda mais a minha vontade, normalmente, nem bonecos trazem!

4-Qual o último livro que leste?
R: Mas isto é algum interrogatório? Mas a PIDE voltou em força? Onde está esse sevandija do Rosa Casaco e a sua trupe (não os Seiva)? Só respondo na presença do meu advogado (só espero que o José Maria Martins esteja livre)! Foi O Meu Pipi, mas admito, não percebi nada do que para lá estava escrito. Ah e não foi comprado, ofereceram-me no Natal! As bulas dos remédios não contam, pois não?

5-Que livros estás a ler?
R: Estou a ler a capa do DVD do Nilton! Isto já conta, certo?

6-Cinco livros que levarias para uma ilha deserta.
R: Pois... assim de repente... Apanharam-me desprevenido... É que eu compro sempre lombada a metro para ficar bem na sala. Dá um ar de burguês e de quem tem um certo status, não acham? O Sr. António faz o metro por 5 €, e as lombadas são do melhor que existe no mercado, encadernadas a couro! Talvez levasse o livro do Mourinho, o do Jardel, dois do Eusébio e o do Bölöni (é impressão minha ou este homem tem nome de pizza?).

7-Três pessoas a quem vais passar este testemunho e porquê?
R: A vingança serve-se fria! Não vamos passar este testemunho a ninguém! E querem saber porquê? Porque ninguém nos supôs dignos de tal convite! E se há situação que detestamos é não ter convite! Ficar a rondar a porta não é connosco! Por alguma razão vamos todos os Domingos do mês de Agosto (de fato, claro) rondar as igrejas para aproveitar os copos de água dos casamentos! Chega a ser aos dois por dia! Chamem-nos parvos! Já o fazemos vai para 5 anos e nunca fomos apanhados. E come-se muito bem, deixem que vos diga!

A Verdadeira Razão para Policarpo não ser Papável

D. José Policarpo, Cardeal Patriarca de Lisboa, nunca e de forma alguma poderá ser escolhido como Papa! A revelação será feita nesta agremiação. Depois de anos de estudo e pesquisa, tive acesso aos arquivos perdidos do Vaticano. Numas folhas soltas, escritas por Karol Wojtyla, encontradas dentro do livro Il Codice Da Vinci, o desaparecido Papa explicava porque não pode o Cardeal português arrebatar o Conclave.
A questão menos importante, era sem dúvida o facto de Policarpo fumar. O Vaticano tem uma avença na Smoke Away® visando a diminuição do número de fumadores no clero.

O busílis da questão é o nome do nosso Cardeal. Vamos por partes. Poli em latim significa grande quantidade ou até em excesso; carpo, punho, mas em português é comummente utilizado para designar o conjunto de oito ossos do pulso.

Vamos então interligar as duas peças do puzzle: Poli + Carpo: excesso de pulso!

Não seria propriamente esta a mensagem que a igreja católica gostaria de passar nos próximos 6 anos (não esquecer que Policarpo tem 69 anos, a esperança média de vida de um português ronda os 80 anos, menos 5 anos de vida por ser viciado em tabaco – os vícios são bem vistos pela Igreja Católica? - é fazer as contas...).

Governar com pulso de ferro não traz boas e saborosas lembranças da Igreja Católica. O esforço para tornar a igreja mais benevolente relativamente aos seus fiéis (mesmo não colocando os pés numa igreja durante décadas é possível obter a paz eterna e coisas assim) cairia por terra.

Karol continua, defendendo que nem o nome próprio do nosso Cardeal foge aos problemas. Devido à sua condição clerical, é anunciado como Dom José Policarpo. Ora, Dom José I foi o Rei português que ilegalizou a Companhia de Jesus e expulsou os Jesuítas (mas estes ainda por cá ficaram) de Portugal.
Dom José Policarpo, quer devido ao seu nome de baptismo, quer devido à sua linhagem, está fora da corrida para o papado!

Karol termina escrevendo que nem ar de avozinho Policarpo tem!

Thursday, April 14, 2005

CdM, símbolo de estabilidade

A Casa da Música é hoje inaugurada. Devia ter 9 mil metros quadrados mas tem 21 mil metros quadrados. Devia ter custado cerca de 5 milhões de euros (na fase de concurso) mas ficou-se por apenas 100 milhões. Devia ter sido o símbolo da Porto 2001 - Capital Europeia da Cultura mas conseguiu abrir as portas em 2005. Quem pode acusar Portugal de pensar de forma humilde? Nós fazemos tudo em grande, seja no espaço, seja no tempo, seja no capital! Tou a falar bem ou não tou (expressão pela qual nutro um especial carinho)?

Dizem que no exterior, as obras não permitem acreditar na inauguração. Calúnias! A Casa da Música ficará mesmo assim. Será esta a imagem de marca do novo monumento da invicta. Há ainda uma área comercial onde se poderá comprar réplicas de instrumentos, esculturas caricaturais dos cinco presidentes, quatro primeiros-ministros, seis ministros da Cultura, três presidentes de câmara e três vereadores da Cultura que apadrinharam a vigência da construção, vindos directamente das Caldas da Rainha (exemplo). Existe ainda a hipótese de colocar como "merchandising", tijolos, partículas de cimento, miniaturas de betoneiras e estatuetas ao trabalhador desconhecido. Apesar de toda a instabilidade política, ficou patente que na CdM a inconstância não venceu, mantendo-se sempre a mesma obra, não sendo alterado o seu nome até ao dia de hoje.

Lou Reed vai "inaugurar" a CdM de forma pouco convencional, ou seja, com música! A grande incógnita (e o que realmente provocou a corrida às bilheteiras) é saber se o antigo vocalista dos Velvet Underground nos vai presentear com os mitológicos Ray Ban aviator!!

Wednesday, April 13, 2005

Lá na Fraaaaaaannnça

Aterrei ontem em Lisboa chegado de uma viagem da Fraaaança, com a senhora minha dama. Ficámos alojados em Paris, no Grand Hôtel de Paris, com as suas excitantes 5 estrelas! Bem, na verdade ficámo-nos por umas pornográficas 2 estrelas... É a vida! Em quatro dias vimos (quase toda) a cidade. Devido ao que caminhei, fiquei cerca de 3 centímetros mais baixo. Cheguei a temer chegar a Lisboa apenas com uns cotos, mas para gáudio do Ministro da Saúde, apenas passei a comprar sapatos dois números abaixo, não necessitando de qualquer tratamento cirúrgico.

Estávamos na recta final da estadia, acabados de sair do Musée d'Orsay, quando uma legião de motos-polícia e outros meios de transporte com luzes azuis em cima nos barra o caminho e atrasa irreparavelmente a chegada do transporte, do qual dependia a concretização do alinhamento da jornada: UM AUTOCARRO! Quem estava a passar? O nosso Presidente da República! Ao ver que nos tinham extirpado parte essencial do tempo disponível, iniciei aquilo a que denominei "A Minha Contribuição Para a Promoção da Língua Portuguesa em França"! Foi um chorrilho de vocábulos obscenos, do mais reles que possam imaginar, chegando ao ponto de criar novas alarvidades, enriquecendo ainda mais a nossa gíria. Foi esta a forma que encontrei para ajudar Sampaio na sua viagem a Paris, assim como ele nos ajudou na nossa!


Hoje ao acordar, o malogrado Dino Meira violou o meu pensamento com uma cançoneta sua:

Voltei, voltei;
voltei de lá.
Ainda ontem estava em França;
e agora já estou cá.

Logo depois, e sem avisar, o malogrado cedeu o seu espaço ao cançonetista português vivo que mais me faz chorar, de sua graça, Marante:

Cheguei, cheguei;
já cheguei ao meu país.
Trouxe saudades comigo;
quando parti de Paris.

É nestas alturas que nos sentimos próximos de Linda de Suza e a sua Mala de Cartão...

Friday, April 08, 2005

"Chk, Chk, Chk"

Gosto muito do nome de uma banda norte-americana que domina o momento: !!!. Não, não procedi a nenhum erro de pontuação no final da frase anterior, nem a uma diarreia de sinais ortográficos. O que realmente acontece é que existe uma banda denominada "!!!". Exacto, "Ponto de Exclamação, Ponto de Exclamação, Ponto de Exclamação". Um concerto desta banda (em Portugal) termina uns minutos antes do público gritar o nome completo. Mas é original. Algumas bandas pelo mundo fora tentam copiar a ideia. Uma banda das Caldas da Rainha escolheu como nome ".I.", homenageando a cidade (há quem diga que se lê apenas "Ponto & Ponto, embora a crítica aponte para um preito visual à cidade"). Uma banda ruandesa elegeu como designação: "∠ ∠ ∠", em português "Narizes de Bruxa", numa clara alusão ao Carnaval ruandês, o nonagésimo sétimo maior carnaval do mundo. Na Grécia, "ω ω ω" foi o nome escolhido por uma banda; na tradução livre para português, a doutrina divide-se: "Cus", "Cu, Cu, Cu" ou até "Seis Tristes Nalgas". A banda helénica não se compromete com qualquer destes devaneios, defendendo-se, indo directo ao assunto, como se pode constatar pelas palavras do pandeirista Herman Ass: "Sempre usámos ceroulas e não era agora que iríamos deixar de usar".

Wednesday, April 06, 2005

humor negro para a mesa 12, por favor

Estava eu a escrever o poste passado quando me assaltou uma ideia: criar uma relação entre a morte do Papa e de Rainier. Não existe! A não ser que o Papa tomasse as principescas Rennie quando a azia atacava...

Estranha forma de pedir

Eu vivo um drama permanente relativamente a uma ou outra frase feminina (leia-se, da minha namorada). Eu refiro a minha situação mas, depois de conferenciar com mais de 250 machos residentes em Portugal Continental, cheguei à conclusão que não sou o único com tamanha dificuldade. Nesta amostra, penso ser pertinente referir que 10 dos machos, não se encontram a residir no Jardim Zoológico de Lisboa e são humanos de carne, osso, pele, alguns músculos e um QI razoável.

O drama é este, as mulheres adoram dizer coisas no género:

-Está frio...;

-Tenho sede...;

-Apetece-me um doce...;

-Tenho um trabalho para entregar amanhã...

No alto da nossa ignorância, pensamos algo do género:

-Ela gosta mesmo de partilhar tudo comigo. É por isso que a amo tanto. Até nos seus pensamentos mais irrelevantes ela me quer presente e sabedor.

Desenganem-se amigos. As frases que anteriormente referi têm uma tradução bem simples que eu vou reproduzir.

-Está frio: Vai imediatamente buscar a porcaria da manta que eu não estou para me levantar!

-Tenho sede: Vai buscar um refrigerante e, se por um infeliz acaso, não existir nada no frigorífico, vais até a uma bomba de gasolina comprar, embora no relógio marque 4 horas da madrugada, já estares de pijama e com um olho aberto e outro fechado.

-Apetece-me um doce: Sem fazeres aquela cara de parvo, vai buscar aquele chocolate com avelãs, nozes, amendoins, smarties, coco e outros. Ai de ti que me perguntes se estava a fazer dieta! Levas com o secador no chinó! Sabes perfeitamente que estes intervalos só me fazem bem!

-Tenho um trabalho para entregar amanhã: Vai fazer o meu trabalho que eu tenho um chá com as minhas amigas e, pela noite dentro, a despedida de solteira da Chichuxa (amiga que nunca ouvimos falar, o que só pode querer dizer que vai para uma casa de strip)!

Eu deduzo que nem todos os homens têm poderes de adivinhação. Eu não tenho de certeza. Mas a verdade é que elas nunca dizem o que realmente pretendem. Atiram a coisa para o ar, a ver se pega... Correm o risco de nós, machos latinos, nos pormos a testar o nosso poder de adivinhação. Seria qualquer coisa como:

-Está frio: Quer que eu a aqueça numa noite louca de sexo!

-Tenho sede: Quer fazer sexo na cozinha (onde se coloca habitualmente o garrafão de água) ou então quer que rapemos os pelos púbicos, um ao outro, num banho de emersão que terminaria em sexo louco pela noite dentro!

-Apetece-me um doce: Ela descobriu que comprei preservativos de chocolate e cuecas comestíveis de morango e quer experimentá-los hoje, durante uma noite louca de sexo!

-Tenho um trabalho para entregar amanhã: Quer ter uma noite louca de sexo, para amanhã contar às suas colegas de trabalho, ficando elas cheias de inveja e a pensar na virilidade aqui do je!

Existe este risco. É verdade. Eu aconselhava as meninas a dizerem o que realmente querem e a não nos testarem. Eu estive a um passo de gastar todo o meu dinheiro, numa consulta com o Prof. Karamba! Nós não estamos habituados a esse estilo de actuação. Nós quando queremos algo, fazemos. E depois dizem que as nossas mães nos habituam mal. Pois sim...

Depois admiram-se de sermos o povo mais preguiçoso da Europa...

Monday, April 04, 2005

Finalmente Luís Campos no olho da rua

Luís Campos demitiu-se do comando técnico do Beira-Mar (era treinador e já não é!). Muitos não percebem esta minha pegadilha com o Sr. Campos (Alberto João, a melhor forma de te homenagear, é imitando-te). Resta saber se a sua primeira equipa esta época (Gil Vicente) também vai para à Segunda Liga! Teríamos então a bonita média de destruição: dois clubes por época. É obra (daquelas que advêm do verbo defecar)! Luís Campos referiu na mesma conferência de imprensa da supracitada demissão: "Este jogo é a clara imagem daquilo que temos sido esta época: Inconstantes, imprevisíveis e irregulares". Não posso concordar. Foram bastante constantes, previsíveis e regulares nas derrotas averbadas durante o consulado Luís Campos.

Na mesma aparição, Luís Campos admitiu ter sido convidado por José Eduardo Moniz para substituir o Capitão Roby na 5ª das Celebridades. Paes do Amaral vê com muito pessimismo esta contratação. O chefão do Grupo MediaCapital receia a queda abrupta do programa na grelha de audiências. "No caso da 5ª descer à Segunda Liga das audiências poderia assistir-se ao fim da TVI", confidenciou-nos Paes do Amaral.

Secretamente Social (5ª das Celebridades)

Esperava-se uma análise cuidada, idónea e verdadeira dos elementos que povoam a 5ª das Celebridades. Pois aqui está ela!

Foi no dia que estreou que pudemos começar a ver alguns dos VIP's da nossa praça (desta vez o Bulhão tem representação oficial) a entrarem-nos pela televisão dentro como nunca antes se observou neste país real (aceito, exagero puro e simples, mas não esquecer que estou a fazer uma análise cuidada, idónea e verdadeira, logo tenho de exagerar).

Vamos agora às apreciações individuais, tal qual fiz com os elementos do Governo (são eventos de importância semelhante):

Maria Alice de Carvalho Monteiro é a rainha do Jet Set (ou será Jet Li? Lili? Que confusão!). Com 61 anos e nascida na Guarda (não podia ser num local mais in), Lili estudou Filosofia Germânica na Universidade tendo sido convidada a sair. Conta-nos Lili que "certa vez perguntei a um professor se a concepção do Eu tinha algo a ver comigo. Ele nem se dignou a responder... Outra gira foi quando perguntei se o niilismo de Nietzsche era algum verniz para as unhas. O Professor foi até à reitoria e disse que ou era ele ou eu; eu também sempre tinha querido ir para a TAP". Está a trabalhar bem para revalidar o título de Miss Lugares-Comuns.

Gonçalo Diniz diz que é actor. Tem uma penca valente e a mania que é cozinheiro. Anda por lá aos saltos, qual saguim. É divertido mas... não sei. Há ali qualquer coisa que para mim é histerismo a mais. Ah, ele diz que é actor! A sério, diz mesmo!

Filipa/e Gonçalves é filho/a do Néné. Só por isso mereceria ganhar, mas... Nasceu homem e "tornou-se" mulher. Há quem diga que se tornou uma terceira entidade desconhecida. Filipa/e confidencia "Sou como um camaleão, estou constantemente a mudar de visual, mas sou discreta. Tenho medo que me olhem como se fosse uma ave rara". Querida/o: os camaleões não são aves, ok? São aqueles bichos peçonhentos que mudam de cor mas não têm penas nem voam! Outra que tirou o curso de Filosofia Germânica.

Miguel Melo tem um gémeo. Esteve no Chapitô e isso explica a maneira como fala. São poucos os que passam por lá e sobrevivem para contar a história. Foi bailarino de dança moderna e agora é Batanete. Não mudou muito, não é? No fundo é um grupo de malta que anda para ali a ver se nos faz acreditar que está a fazer algo que se aproveite. Tem fortes hipóteses de vencer já que, como é o mais lento a falar, acaba por dizer menos disparates por hora.

Rute Marques é a representante oficial do Bulhão neste programa. Natural do Puorto, apresentou pérolas da nossa televisão: Tampamania da Pepsi, Reis da Música Nacional e o mítico e inigualável Isto Só Bídio. Este último programa fez escola, sendo agora apresentado por Cláudio Ramos (que segundo fonte próxima já pediu o número de telefone de Filipa Gonçalves e espera que Néné faça o teste de paternidade pois a mãe de Cláudio viu o antigo jogador do Benfica no dia que ficou grávida - na televisão). Como maior feito Rute afirma orgulhosa "a banalização da expressão: ISTO SÓ BÍDIO, ISTO SÓ BÍDIO!"

Arlinda Mestre é maluca. A mulher tem uma pancada dos diabos. Aquilo dá-lhe com força e a desoras. Define-se como a "guerreira do amor", mas isso pouco interessa para quem tem o chinó tão avariado como ela tem. É fotógrafa sempre que a touca lhe permita estar menos atolambada. Rosa Bandit (alcunha pela qual era conhecida em Tires) está para durar. É íntima da Alta Sociedade Francesa, Alta Autoridade para a Comunicação Social e do Alto Volta.

Rui Esteves é mister (Ed?). Tem um cabelo louro encaracolado que já não se via desde os tempos de Cadete no Sporting (nessa altura também não se usava). Jogador de futebol, encantou na Coreia do Sul e no Japão (jogava numa equipa de artistas de rua, conhecendo nesta situação Gonçalo Diniz e Miguel Melo). Esta passagem pelo Oriente desculpabiliza a sua insistente teimosia na utilização do cancro linguístico, PRONTOS! Tem medo de cavalos e galinhas, explicando-se assim o refugio na 5ª, tentando escapar da proliferação destes animais no ambiente urbano em que vivia. Já ganhou a almejada epígrafe de Mister Lugares-Comuns.

Elsa Raposo é... Elsa Raposo. Pois... O que dizer desta mulher? Teria um lugar especial na 5ª não fosse a presença de Arlinda. A luso-francesa retirou-lhe o papel de apatetada. Elsa sente-se perdida. Não tem neste momento capacidade de resposta e nota-se no seu olhar uma fúria que brevemente se pode concretizar numa tentativa de violação. Todos os homens foram aconselhados a levar coquilha para a 5ª, uma vez que nunca se pode prever o comportamento de Elsa Raposo. Tem uma palavra a dizer no concurso Miss Lugares-Comuns se se conseguir perceber a totalidade de uma frase.

Gonzo não existe. É um holograma. Foi jogador de futebol, foi disc-jockey e comissário de bordo. A cereja em cima do bolo foi tornar-se um Excesso. Um C.V. que deixa qualquer ministro de água na boca. Sócrates convidou-o para Secretário de Estado (de..., agora não me lembro) mas Gonzo estava a tirar um workshop de reiki e não tinha tempo para distracções e divertimentos. Usa o corte de cabelo de Beckam, mas com dois anos de atraso. Por isto tudo, para mim, este... gajo, não existe!

Alexandra Fernandes é meteorologista. Poucos sabem mas fez um workshop com Anthímio de Azevedo. Canita (alcunha estúpida pela qual é conhecida não se sabe bem onde) sente-se "mais sábia, tranquila e confiante" desde que o Dicionário da Língua Portuguesa é o seu livro de cabeceira (serve de calço). Durante largos meses o seu vocabulário era profícuo em palavras como abdução, abjugo, abjunção, ablução ou abrolhar. É a concorrente melhor posicionada para a eleição de Miss Lugares-Comuns depois de dizer "a todos os que nos ouvem, peço para contribuírem com chuva, para acabar com a fome, com o ódio e todas as maldades que andam uns senhores aí a tramar. Gosto muito da Júlia, do Pavarotti, do Vasconcelos e de todos quantos têm net, telefone ou telemóvel."

Gonçalo da Câmara Pereira é o machão. O maior sapo que engoliu foi lavar a loiça na 5ª. "Isso é trabalho para mulheres, não é para mim que ganho o dinheiro para governar a casa." Apesar de defender, que uma mulher deve ficar em casa a coser as meias enquanto o marido apanha doenças em Talavera la Real, Gonçalo é um galhofeiro. Adora a folia, o gracejo, a pilhéria, o chiste, e até a facécia! Moniz já encontrou um substituto para o desgastado Batatinha. Diz perceber de agricultura embora pouco faça. No entanto, é um exímio palrador, havendo já quem o compare a Santana Lopes.

Capitão Roby foi com os porcos! Foi a expressão que achei mais conveniente para um ambiente manifestamente rural.

Vemo-nos por aí!

Marítimo provoca baixas no Benfica

O jogo do Benfica contra o Marítimo foi uma catástrofe para as hostes encarnadas, apesar da vitória ter sorrido (um parecido com o da Julia Roberts) ao SLB. Segundo uma estimativa feita na Serra da Malcata o número de benfiquistas ficou reduzido para uns plácidos 5 milhões. Cerca de 1 milhão de sócios/simpatizantes do clube da Luz quinaram (maioritariamente de ataque cardíaco) durante o jogo de ontem. Só no estádio o massacre atingiu a cifra de 10 mil escarlates! Quantos dias de luto nacional dará o Governo?

De qualquer forma, Veiga já disse que, "especialmente depois desta tragédia ninguém pode parar o tsunami vermelho..."

Amo-te Troll

Fontes bem colocadas junto do jovem empresariado português garantiram ao nosso site que Pedro Miguel Ramos (mais conhecido, obviamente, por ser pai da única criança portuguesa traumatizada que dá pelo nome de "Santiago"), vai expandir rapidamente a sua cadeia de estabelecimentos comerciais "Amo-te ...".

As próximas aberturas são:

- Amo-te Buraca (nota: far-se-á uma "inauguração" deste bar e não uma "abertura")

- Amo-te Picheleira

- Amo-te Vila Real de Santo António (nota: as t-shirts com o nome deste bar estão estampadas em frente e verso e não só na frente...)

- Amo-te Pedreira dos Húngaros

- Amo-te Amarante (nota: convidado especial da inauguração será o cantor Marante, com o nome do qual Pedro Miguel Ramos quer fazer uma trocadilho altamente inspirados nas t-shirts promocionais; estão já a ser impressas milhares de peças de roupa com os seguintes dizeres: "Amo-te A (segue-se foto do cantor Marante)"

- Amo-te Galinheiras