Vídeos com alguma facécia

Agora é possível desfrutar de alguns vídeos relacionados com os textos. Para isso basta carregar no título do post. O título é aquela coisa a Negrito, com umas letras maiores, e que antecede as profícuas palavras deste blog. Advertência: Caros leitores, estão completamente proibidos de ver os vídeos antes de lerem as barbaridades escritas, correndo o risco de serem atingidos por uma comichão deveras desagradável na zona da púbis, seguido de pé-chato nas mãos e escorbuto nos tornozelos.

Monday, April 04, 2005

Secretamente Social (5ª das Celebridades)

Esperava-se uma análise cuidada, idónea e verdadeira dos elementos que povoam a 5ª das Celebridades. Pois aqui está ela!

Foi no dia que estreou que pudemos começar a ver alguns dos VIP's da nossa praça (desta vez o Bulhão tem representação oficial) a entrarem-nos pela televisão dentro como nunca antes se observou neste país real (aceito, exagero puro e simples, mas não esquecer que estou a fazer uma análise cuidada, idónea e verdadeira, logo tenho de exagerar).

Vamos agora às apreciações individuais, tal qual fiz com os elementos do Governo (são eventos de importância semelhante):

Maria Alice de Carvalho Monteiro é a rainha do Jet Set (ou será Jet Li? Lili? Que confusão!). Com 61 anos e nascida na Guarda (não podia ser num local mais in), Lili estudou Filosofia Germânica na Universidade tendo sido convidada a sair. Conta-nos Lili que "certa vez perguntei a um professor se a concepção do Eu tinha algo a ver comigo. Ele nem se dignou a responder... Outra gira foi quando perguntei se o niilismo de Nietzsche era algum verniz para as unhas. O Professor foi até à reitoria e disse que ou era ele ou eu; eu também sempre tinha querido ir para a TAP". Está a trabalhar bem para revalidar o título de Miss Lugares-Comuns.

Gonçalo Diniz diz que é actor. Tem uma penca valente e a mania que é cozinheiro. Anda por lá aos saltos, qual saguim. É divertido mas... não sei. Há ali qualquer coisa que para mim é histerismo a mais. Ah, ele diz que é actor! A sério, diz mesmo!

Filipa/e Gonçalves é filho/a do Néné. Só por isso mereceria ganhar, mas... Nasceu homem e "tornou-se" mulher. Há quem diga que se tornou uma terceira entidade desconhecida. Filipa/e confidencia "Sou como um camaleão, estou constantemente a mudar de visual, mas sou discreta. Tenho medo que me olhem como se fosse uma ave rara". Querida/o: os camaleões não são aves, ok? São aqueles bichos peçonhentos que mudam de cor mas não têm penas nem voam! Outra que tirou o curso de Filosofia Germânica.

Miguel Melo tem um gémeo. Esteve no Chapitô e isso explica a maneira como fala. São poucos os que passam por lá e sobrevivem para contar a história. Foi bailarino de dança moderna e agora é Batanete. Não mudou muito, não é? No fundo é um grupo de malta que anda para ali a ver se nos faz acreditar que está a fazer algo que se aproveite. Tem fortes hipóteses de vencer já que, como é o mais lento a falar, acaba por dizer menos disparates por hora.

Rute Marques é a representante oficial do Bulhão neste programa. Natural do Puorto, apresentou pérolas da nossa televisão: Tampamania da Pepsi, Reis da Música Nacional e o mítico e inigualável Isto Só Bídio. Este último programa fez escola, sendo agora apresentado por Cláudio Ramos (que segundo fonte próxima já pediu o número de telefone de Filipa Gonçalves e espera que Néné faça o teste de paternidade pois a mãe de Cláudio viu o antigo jogador do Benfica no dia que ficou grávida - na televisão). Como maior feito Rute afirma orgulhosa "a banalização da expressão: ISTO SÓ BÍDIO, ISTO SÓ BÍDIO!"

Arlinda Mestre é maluca. A mulher tem uma pancada dos diabos. Aquilo dá-lhe com força e a desoras. Define-se como a "guerreira do amor", mas isso pouco interessa para quem tem o chinó tão avariado como ela tem. É fotógrafa sempre que a touca lhe permita estar menos atolambada. Rosa Bandit (alcunha pela qual era conhecida em Tires) está para durar. É íntima da Alta Sociedade Francesa, Alta Autoridade para a Comunicação Social e do Alto Volta.

Rui Esteves é mister (Ed?). Tem um cabelo louro encaracolado que já não se via desde os tempos de Cadete no Sporting (nessa altura também não se usava). Jogador de futebol, encantou na Coreia do Sul e no Japão (jogava numa equipa de artistas de rua, conhecendo nesta situação Gonçalo Diniz e Miguel Melo). Esta passagem pelo Oriente desculpabiliza a sua insistente teimosia na utilização do cancro linguístico, PRONTOS! Tem medo de cavalos e galinhas, explicando-se assim o refugio na 5ª, tentando escapar da proliferação destes animais no ambiente urbano em que vivia. Já ganhou a almejada epígrafe de Mister Lugares-Comuns.

Elsa Raposo é... Elsa Raposo. Pois... O que dizer desta mulher? Teria um lugar especial na 5ª não fosse a presença de Arlinda. A luso-francesa retirou-lhe o papel de apatetada. Elsa sente-se perdida. Não tem neste momento capacidade de resposta e nota-se no seu olhar uma fúria que brevemente se pode concretizar numa tentativa de violação. Todos os homens foram aconselhados a levar coquilha para a 5ª, uma vez que nunca se pode prever o comportamento de Elsa Raposo. Tem uma palavra a dizer no concurso Miss Lugares-Comuns se se conseguir perceber a totalidade de uma frase.

Gonzo não existe. É um holograma. Foi jogador de futebol, foi disc-jockey e comissário de bordo. A cereja em cima do bolo foi tornar-se um Excesso. Um C.V. que deixa qualquer ministro de água na boca. Sócrates convidou-o para Secretário de Estado (de..., agora não me lembro) mas Gonzo estava a tirar um workshop de reiki e não tinha tempo para distracções e divertimentos. Usa o corte de cabelo de Beckam, mas com dois anos de atraso. Por isto tudo, para mim, este... gajo, não existe!

Alexandra Fernandes é meteorologista. Poucos sabem mas fez um workshop com Anthímio de Azevedo. Canita (alcunha estúpida pela qual é conhecida não se sabe bem onde) sente-se "mais sábia, tranquila e confiante" desde que o Dicionário da Língua Portuguesa é o seu livro de cabeceira (serve de calço). Durante largos meses o seu vocabulário era profícuo em palavras como abdução, abjugo, abjunção, ablução ou abrolhar. É a concorrente melhor posicionada para a eleição de Miss Lugares-Comuns depois de dizer "a todos os que nos ouvem, peço para contribuírem com chuva, para acabar com a fome, com o ódio e todas as maldades que andam uns senhores aí a tramar. Gosto muito da Júlia, do Pavarotti, do Vasconcelos e de todos quantos têm net, telefone ou telemóvel."

Gonçalo da Câmara Pereira é o machão. O maior sapo que engoliu foi lavar a loiça na 5ª. "Isso é trabalho para mulheres, não é para mim que ganho o dinheiro para governar a casa." Apesar de defender, que uma mulher deve ficar em casa a coser as meias enquanto o marido apanha doenças em Talavera la Real, Gonçalo é um galhofeiro. Adora a folia, o gracejo, a pilhéria, o chiste, e até a facécia! Moniz já encontrou um substituto para o desgastado Batatinha. Diz perceber de agricultura embora pouco faça. No entanto, é um exímio palrador, havendo já quem o compare a Santana Lopes.

Capitão Roby foi com os porcos! Foi a expressão que achei mais conveniente para um ambiente manifestamente rural.

Vemo-nos por aí!

3 comments:

Anonymous said...

não teria dito melhor!!!!!!!!!

stillforty said...

Divertem-me! Descreveste todos comme il faut!
Gostei de te visitar
bejos

stillforty said...

Desculpa a pergunta mas posso por um link no meu blog para virem aqui ler isto? Ri que me fartei! Deixa partilhar com outros. Posso?
Responde aqui ou lá.