Vídeos com alguma facécia

Agora é possível desfrutar de alguns vídeos relacionados com os textos. Para isso basta carregar no título do post. O título é aquela coisa a Negrito, com umas letras maiores, e que antecede as profícuas palavras deste blog. Advertência: Caros leitores, estão completamente proibidos de ver os vídeos antes de lerem as barbaridades escritas, correndo o risco de serem atingidos por uma comichão deveras desagradável na zona da púbis, seguido de pé-chato nas mãos e escorbuto nos tornozelos.

Sunday, April 30, 2006

"Profiback Mountrolls"

Quem? Ora, somos 3 e eu tirei a foto. Por aqui me fico.

15 comments:

Carla Luis said...

Hm... então era por isso que o AMAFAS procurava incessantemente por vocês?
Pois, e deixou-me um comment a dizer "Encontrei"!
Hmmm....

Ps-os quadrados de fundo não enganam ninguém! Já vi muitas camisas assim na feira de carcavelos!!!

A Rapariga said...

Nhammm!!!!comiam-se.

AMAFAS said...

Quando um post destes é colocado, algo vai mal no reino dos Profi Trolls. "Profiback Mountrolls"? Mas onde é que isto já se viu? Isto leva logo para outros pensamentos, muito pouco puros por sinal.

Tendo em conta que JMP fotografou, eu e o Ze Halcon seremos os visados na foto. Quero aqui dizer que, apesar de estarmos demasiado juntos, nada mais se passou e cada um dormiu em sua casa, com a respectiva patroa.

Oh JMP, não te ponhas para aqui a levantar falsas suspeitas, lá porque tens a mania do momento Kodak e um piquinho a azedo!

Carla:

Eu não os procurava para estas badalhoquices. Palavras, frases, sinais de pontuação, caracteres, e assim, era o que eu procurava. Não fotografias pornográficas. Escrever que é bom, está quieto, agora denegrir a imagem de pessoas com uma carreia respeitável no âmbito da falta de jeito em geral, estamos lá (não é senhor JMP?).

Rapariga:

Isso diz-se?
Existe o queijo curado. Hoje foi possível assistir pela primeira vez a uma sobremesa curada!

JMP said...

Carla:
Realmente, os quadrados não enganam: até são muito batidos nas camisas dos cóbois.

AMAFAS:
Sai do armário e assume-te, pah!

E, já agora, trata-me por "jovem senhor", ok???

AMAFAS said...

Jovem senhor:

Felizmente, os meus armários, na minha casa, sempre estiveram de portas abertas, podendo de lá sair quem quisesse, quando quisesse (inclusive o "jovem senhor" se por lá tivesse passado).

"Jovem senhor", certo dia acompanhei-o a um certo local de peregrinação na área da Grande Lisboa (IKEA), e o "jovem senhor" tinha como missão encafuar mais uns módulos dentro do seu roupeiro (ou seria armário?). O que pretendia esconder dentro desses módulos, "jovem senhor"?

"Jovem senhor", não estarás a ver o panorama no sentido oposto da realidade? Não estarás a ver o negativo da fotografia? Ou seja, tu é que estás dentro do armário e o resto está cá fora?

Mais ou menos como aquele maluco do Júlio de Matos que se vira para quem passa e exclama: Isso aí dentro parece mesmo grande...

Pensa nisso (conselho de amigo - mas sem rotices)!

JMP said...

Pois é... descoberto e exposto sem apelo nem agravo! Confirmo: foi precisamente de dentro do armário, de ângulo reduzidíssimo entre os seus trajes de alternadeira no IST e Belle Dominique do Queens, que tirei a bela foto do encontro amoroso.

Já agora, esse tapete xadrez azul e branco era uma chalaça dirigida à hipotética prisão da sopeira nortenha? Wake up and smell the coffee, not happening: ver http://profitrolls.blogspot.com/2006/04/25-de-abril-azul.html

De qualquer modo, e como forma de demonstrar que não sou preconceituoso, sai um abraço para o "não-tão-jovem senhor" AMAFAS!

AMAFAS said...

Não existiria problema se usasse trajes de alternadeira no IST e Belle Dominique do Queens desde que apenas no Carnaval. Fique o "jovem senhor" sabendo que muitas vezes me mascarei de gaja. Meretriz? Sim, mas da aldeia (não do IST), de bigode, sem dentes, com mais verrugas que pele e com um andar escachado. Senhora de idade? Também! Belle Dominique? Fique sabendo que não "jovem senhor"! Também me mascarei de cigano. Isso faz de mim um deles? Não. Também me mascarei de fato de treino roxo, t-shirt de alças, peúgo turco branco com raquete cruzada e sapato preto de verniz. Isso faz de mim um burgesso? Agora que penso, este não foi o melhor exemplo de negação. Enfim, adiante.

Fatiotas desse género no armário de alguém é dramático. Se por um infeliz acaso o "jovem senhor" é amigo de alguém com tão doentia obsessão, aconselho-o a repensar as suas amizades. Eu por muito menos, vi "alguns" alternarem Macieira com cerveja. Mas porquê? Medo? Ai, ai que depois fico mal disposto... Pois eu, sabendo que o desagradável e inevitável "fim" se aproximava, não parei e bebi Macieira ainda com mais afinco. Já que me ia expurgar, que metesse cá dentro tudo o que pudesse (calminha com piadolas referentes a esta frase!!). Hã? O quê? Pois. Desculpa lá aquilo no carro... Cerveja! Pfff!! Muninos, é o que é!

Mas que pancada é essa com a toalha dos quadrados? Já não se pode escolher o padrão da colcha à vontade? Parva! Vaca! Cowgirl!

JMP said...

A última frase diz tudo. I rest my case.

AMAFAS said...

Jovem senhor:

Desiludiste-me! Não esperava de ti o ataque mais óbvio. Esperava algo relacionado com álcool (tema que nos é tão caro e nos junta e aproxima - mais uma tirada rota)! Quando bebemos Cacique (tema vilipendiado nas respostas que demos à Comercial) sinto-nos quase fundidos num só ser (o barómetro de rotices está quase a rebentar)!

Esperava de ti um ataque pelo que aconteceu no final de noite nos anos do "jovem senhor" original.

Esperava de ti um ataque por ter as quotas do Glorioso (outro tema miseravelmente omitido nas respostas à Comercial) em falta acerca de 10 anos, fazendo de mim um ser automaticamente impróprio da Mensa.

Agora, por causa de coisas como parva, vaca ou cowgirl?

Saíste-me cá uma palonça "jovem senhor"!

JMP said...

A pedido muitas famílias, ou melhor, só de uma... quer dizer, na realidade, de um indivíduo que tem família mas que não a representa na totalidade, aqui vai:

1 - O não-tão-jovem senhor aplicou-me uma pintura nova na viatura, bolsando puerilmente 345 macieiras.

2 - Com ou sem quotas em dia, és sempre bem-vindo à minha mensa para um almocinho fajuto.

3 - A tese do meu comentário anterior confirma-se no repescanço do termo "palonça". A única coisa que diferencia do Hermano neste momento é que tens piada. E a pochete.

Venham de lá esses ossos!
(ossos másculos e fortes, não é cá dessas ossadas osteoporosas... sem cálcio!)

AMAFAS said...

Tudo está bem quando acaba em bem. O que não se passa neste caso. Venham de lá esses ossos? Mas julgas que eu sou algum etíope? Como que nem um alarve, bebo muito mais do que aguento. Para quê meu bom amigo? Levas os ossos e o resto, e não tenhas a mínima dúvida que são fortes, másculos, viris, varonis e quiçá até masculinos!

Cá vão eles, "jovem senhor"! Esquecer esta frase. Muito, muito rota. Rota demais. Isto não é próprio de um blog de homofóbicos.

Um abraço mas sem grande esfreganço! O próximo Cacique (ou Macieira), espero que já na Cossoul, é por minha conta (e risco)! Algum problema, o Tadeu paga.

Carla Luis said...

E tudo está bem quando acaba bem!

Adoro histórias com um final feliz!

JMP, agora só tens de me explicar a quem é que pediste para tirar a foto! :p

AMAFAS said...

Eu sinto é o Ze Halcon muito calado... Estaremos perante alguma revelação? Espero que não, senão tenho de repensar seriamente as minhas amizades...

Mim said...

Os que aparecem são muito apetitosos. O outro tb?
;)

AMAFAS said...

O outro é o mais apetitoso de todos - dizem!