Vídeos com alguma facécia

Agora é possível desfrutar de alguns vídeos relacionados com os textos. Para isso basta carregar no título do post. O título é aquela coisa a Negrito, com umas letras maiores, e que antecede as profícuas palavras deste blog. Advertência: Caros leitores, estão completamente proibidos de ver os vídeos antes de lerem as barbaridades escritas, correndo o risco de serem atingidos por uma comichão deveras desagradável na zona da púbis, seguido de pé-chato nas mãos e escorbuto nos tornozelos.

Tuesday, April 18, 2006

“O MEU BLOG DAVA UM PROGRAMA DE RÁDIO” (MAS ESTA SEMANA NÃO DEU)

Opinião isenta e abalizada de um dos críticos mas acamados da nossa praça - eu próprio.

Toda a verdade sobre o programa “O Meu Blog dava um Programa de Rádio”

Depois deste Sábado, fiquei a saber que ouvidos ainda temos menos piada que lidos. Foi, com toda a certeza, um dos dias mais embaraçosos da minha vida. Embora o Diogo Beja tivesse colocado umas muletas verbais nos textos (ainda que o pudor o tenha impedido de dizer palavras tão portuguesas como “mijo” ou “roto”, num Sábado de manhã), tentando dar uma certa velocidade “à coisa”, aquilo não funcionou. Quero acreditar que os textos que eram lidos no entre-músicas tiveram a sua quota parte de culpa. Para não falar nos cortes cirúrgicos e premeditados de tranches dos textos (não, não estou a falar de cherne) que não interessavam nem ao MJ (não, não estou a falar do Michael Jackson, mas sim do Menino Jesus, embora acredite que o americano gostasse de “conhecer” o pequeno nazareno).
Resumindo e concluindo, quem escolheu o nosso blog para aquele programa bebeu umas garrafas bem valentes no dia anterior. Mas nem tudo foi mau, porque se colocassem fotos nossas no site da Comercial, a estação passaria a ser conhecida como Rádio Bestial (no sentido de nos assemelharmos a umas valentes bestas).
Agora mais a sério, tenho cólicas, diarreia e prisão de ventre. Embora tudo isto seja normal em mim, não me lembro onde guardei o colírio e assim sendo não me posso curar desta depressão pós-parto. É a idade a ataca-me a aorta.
Agora que sei que nunca mais ninguém vem a este blog, o JMP e o Ze Halcon já podem vir escrever em paz, visto que a ausência deles se devia a uma forte fobia pelo reconhecimento. Passámos definitivamente ao anonimato. Passámos a um estádio superior de obscuridade: antes “ninguém” nos conhecia, agora “ninguém” nos quer conhecer. A maioria dos motores de busca recusam a combinação de palavras “Profi” e “Trolls”. Os que não recusam, lançam um último aviso, qual antevisão do apocalipse: Tem a certeza absoluta que quer continuar esta acção, própria de alguém que não tem a quantidade mínima elegível de matéria cinzenta? Não nos responsabilizamos por danos que daí advenham!.
É agradável sentir o fim, mesmo antes do prelúdio. Esperamos não ter causado amargos de boca ao Pedro Ribeiro – o responsável pela ideia do programa emitido pela Comercial. Se acaso alguma represália recaiu sobre o comunicador, recomendamos amêndoas do Lidl, boas cumó milho.


Mensagem aos incautos: quem continuar a aparecer por estes lados, continuará a levar com estas três matarruanas criaturas.

5 comments:

Koba said...

Eh pá, não pude ouvir a Comercial no Sábado de manhã por duas razões válidas:
1ª era Sábado de manhã
2ª não apanho a frequência no local onde estava no sábado de manhã
De todo o modo, espero que tenham escolhido o texto sobre a Frida Calhordas, merecia ser lido.
Abraços a todos

AMAFAS said...

Dentro de pouco tempo podem ser ouvidos os textos em,

http://radiocomercial.clix.pt/destaques/blog_radio/index.asp

Para grande pena minha, o post da Calhordas foi olvidado de forma vil e grosseira (nós não tivémos voto na matéria na escolha dos textos)!

Anonymous said...

Por muito que digam que o programa foi um desastre, eu adorei e permitiu que eu vos conhecesse. Só lamento que não tivesse sido há mais tempo, pois nesse dia dei umas valentes gargalhadas, algo impensável no meio do meu concentrado estudo...
Enfim, continuem com esse bom..perdão, óptimo bom humor, pois este país de rabugentos precisa, e muito!
AP

Softy Susana said...

Tendo em conta o desprezo que qualquer pessoa teria pelo vosso blog, lamento - seriamente - informar que gostei do que ouvi e foi somente isso que me trouxe cá!
Agora a sério, foi divertido o suficiente para me fazer "perder" tempo para vir-vos procurar! Gostei muito!
Keep on!

Patricia said...

Tenho a dizer que, infelizmente, não ouvi o programa na Rádio Comercial, mas quando passei pelo site encontrei um link para o vosso blog, vim dar uma olhadel e... adorei!Continuem, está excelente!