Vídeos com alguma facécia

Agora é possível desfrutar de alguns vídeos relacionados com os textos. Para isso basta carregar no título do post. O título é aquela coisa a Negrito, com umas letras maiores, e que antecede as profícuas palavras deste blog. Advertência: Caros leitores, estão completamente proibidos de ver os vídeos antes de lerem as barbaridades escritas, correndo o risco de serem atingidos por uma comichão deveras desagradável na zona da púbis, seguido de pé-chato nas mãos e escorbuto nos tornozelos.

Friday, December 07, 2007

Jorge Palma - Encosta-te a mim (música dedicada por Santana Lopes a Luís Filipe Meneses)

Jorge Palma - Encosta-te A Mim

Música que Santana Lopes dedicou a Luís Filipe Meneses de modo a obter o cargo de líder da bancada parlamentar do PSD. Desculpem-me, do PPD/PSD!


Encosta-te a mim, nós já vivemos cem mil anos
(embora não seja preciso tanto na política para receber uma boa reforma)
encosta-te a mim, talvez eu esteja a exagerar
(quando digo que vou andar por aí, cem mil anos é capaz de ser exagero)
encosta-te a mim, dá cabo dos teus desenganos
(essa laca no cabelo já não se usa, Luís. Opta pelo gel como eu)
não queiras ver quem eu não sou, deixa-me chegar.
(ideal para líder da bancada parlamentar, está descansado, não vou querer ocupar o teu lugar)

Chegado da guerra, fiz tudo p´ra sobreviver
(o Sampaio tentou aniquilar-me, mas como sou o guerreiro-menino, sobrevivi)
em nome da terra, no fundo p´ra te merecer
(no fundo só para te ajudar a retirar o poder a esses Barões de meia-tijela)
recebe-me bem, não desencantes os meus passos
(cuidado, eu preciso de ser estimado, sou guerreiro mas também sou menino)
faz de mim o teu herói, não quero adormecer.
(dou o peito às balas na Assembleia da República, mas à tarde preciso de uma sesta)

Tudo o que eu vi, estou a partilhar contigo
(aprende comigo, o populismo compensa)
o que não vivi, hei-de inventar contigo
(responsabilidade era algo de novo que gostaria de experimentar contigo)
sei que não sei, às vezes entender o teu olhar
(mas ainda me custa mais entender o olhar do Cavaco, quando olha para mim)
mas quero-te bem, encosta-te a mim.
(encosta-te a mim, que és presidente do PPD/PSD à minha custa)

Encosta-te a mim, desatinamos tantas vezes
(mas agora estamos no mesmo barco, e enquanto me fores útil, estou contigo)
vizinha de mim, deixa ser meu o teu quintal
(que é o PSD/PPD)
recebe esta pomba que não está armadilhada
(ao contrário da entrevista que me fizeram na SIC Notícias e em que me trocaram pelo Mourinho)
foi comprada, foi roubada, seja como for.
(o que interessa é que chegámos cá e sacámos o porta-chaves do poleiro)

Eu venho do nada porque arrasei o que não quis
(embora também me tenham tentado arrasar, eu sou o guerreiro-menino)
em nome da estrada onde só quero ser feliz
(essa estrada que é o PPD/PSD, e na qual vamos triunfar, mesmo contra o Mourinho)
enrosca-te a mim, vai desarmar a flor queimada
(vai andando que eu já lá vou ter)
vai beijar o homem-bomba, quero adormecer.
(hoje vais tu ao Parlamento debater com o Sócrates, que eu tenho uma sesta para fazer)

Tudo o que eu vi, estou a partilhar contigo
(vê lá tu que há entrevistadores que me interrompem porque o Mourinho está a chegar, imagina)
o que não vivi, um dia hei-de inventar contigo
(fidelidade também era giro experimentar pela primeira vez)
sei que não sei, às vezes entender o teu olhar
(não é só o olhar, o teu penteado sempre alinhado também me custa entender - e a laca, Luís, a laca)
mas quero-te bem, encosta-te a mim.
(e vais ver que chego outra vez a Primeiro-ministro... hã... hum... quer dizer... tu é que chegas a Primeiro-ministro)

Vídeo de Encosta-te a Mim (Jorge Palma)

2 comments:

bilhete de identidade said...

Que desordem ;)
Dá para acreditar?
Não.
Vamos embora!
Vamos.
Ando sem vontade de trabalhar.
Sério?
Sério.
Não digas a ninguém...

sweepstakes said...

Thanks to the owner of this blog. Ive enjoyed reading this topic.