Vídeos com alguma facécia

Agora é possível desfrutar de alguns vídeos relacionados com os textos. Para isso basta carregar no título do post. O título é aquela coisa a Negrito, com umas letras maiores, e que antecede as profícuas palavras deste blog. Advertência: Caros leitores, estão completamente proibidos de ver os vídeos antes de lerem as barbaridades escritas, correndo o risco de serem atingidos por uma comichão deveras desagradável na zona da púbis, seguido de pé-chato nas mãos e escorbuto nos tornozelos.

Wednesday, October 26, 2005

Guiducha R.P. no Metro

Guiducha R.P. (Rebelo Pinto, ou será Relações Públicas?) tem uma crónica semanal no jornal gratuito Metro, às terças-feiras. Quem leu, percebeu que a querida ficou piursa porque o Contra-Informação fez uma boneca da menina. Glória suprema para muitos. Vexame para Guiducha!

...tenho uma boneca que até é parecida comigo, uma loira enxuta e respondona que está sempre a repetir-se e a citar Lobo Antunes.

Até aqui, Guiducha deveria estar hiper feliz, visto não terem exagerado em nada, os habituais tiques de R.P. (a partir de agora, deixo ao critério de cada um o que entendem por R.P.).

...foi com surpresa e alegria que recebi a notícia.

Ainda bem! Fico risonho por ti! Mas, repentinamente...

...os meios de comunicação vivem cada vez mais de escândalos fabricados, falsas notícias e especulações de vão de escada dignas de alma de porteira, de facto tudo é possível. Até eu ter um boneco no Contra-Informação, essa espécie de parque jurássico do humor nacional que às vezes tem muita graça e (...) outras vezes nem tanto.

Guiducha, afinal, não observou grande remoque. Digo até que se acabrunhou em casa, com um qualquer Miguel, o mais promissor jovem arquitecto, que ganha prémios e concursos, cheio de papel e com um bruto Mercedes. Assim com a mesma facilidade que eu arroto, R.P. escreve destas.

O que eu gostava de perceber é porque é que perdem tanto tempo comigo. Sobretudo porque eu não perco nenhum tempo com estas parvoíces.

Nota-se... Olha que o Contra-Informação é só 5 minutos...

Será que os cães têm cordas vocais? Será que os cães têm cordas vocais? Será que os cães têm cordas vocais? Peço desculpa, estou a repetir-me. Peço desculpa, estou a repetir-me. Peço desculpa, mas tenho a impressão que me estou a repetir.

Para perceber tanto as repetições, como as "parvoíces", ver aqui, Segunda-feira, Outubro 03, 2005.

Como diz outro amigo meu — é tão bom ter tantos amigos — um português que vive há vinte anos em Londres, Portugal é uma ilha que por acaso faz fronteira com outro país. Eu acho que Portugal é uma aldeia...

Guiducha, tem calma. Esse moço é teu amigo porque ainda não traduziram nenhum livro teu para inglês (espero eu...) e ele não têm cá vindo muito.



Para ler a crónica de MRP ir aqui, fazer o download de 24/10/05 e ver a página 7!

7 comments:

Koba said...

Numa coisa a Guiducha tem razão: a Contra-Informação deveria preocupar-se em só fazer bonecos de pessoas que interessem para alguma coisa. O que, automaticamente, exclui um boneco da Guiducha...

stillforty said...

És muito mauzinho! A piquena tem direito a ter o boneco, é arquitecto? Melhor!

Quanto ao Contra Informação, eu não vejo bonecos. Não sei de nada!

Nem sequer me passa pela cabeça quem será a Guiducha, mas se cita Lobo Antunes, deve ser uma cretina.
Deveria citar Saramago.

E ponto final, não gosto de brincadeiras destas...

mfc said...

Detesto o snobismo e essa fulana é-o até dizer chega!

messenger said...

essa fulana, pá, está no meu cardápio...

0uts1d3r said...

Os Profi Trolls demonstram, mais uma vez, o seu enorme sentido de injustiça ao atacar desta forma vil um dos expoentes maiores da nossa literatura Modelo (ou Continente ou Pingo Doce ou Leclerc ou Joumbo ou...) :-)
O que aprendemos com tudo isto ou como a realidade engana:

a) MRP vê-se como uma loura enxuta. Eu vejo-a como uma loura seca.

b) A MRP gostava de perceber porque perdem tanto tempo com ela. Percebe-se que ela valoriza imenso a sua pessoa e o seu trabalho...

c) A MRP não sabe se os cães têm cordas vocais. Eu sei.

d) MRP acha que Portugal é uma aldeia (e não o disse com algum perverso sentido de estima pelo ambiente bucólico). Eu concordo, basta ver a quantidade de livros que ela vende para perceber que vivemos no meio de iletrados...

Esperança: como o apelido dela é Pinto, pode ser que seja mais vulnerável à Gripe das Aves.

PS vou à procura de uma foto dela para os meus fotocartoons digitais ;-)

stillforty said...

Queridos Profi Trolls

Sou uma vossa fã desde que começaram.

Gosto muito dos vossos postes e rio-me sempre muito com as voças piadas.

Gostava muito se me mandasem uma fotografia autografada.

Pesso desculpa se vai sem virgulas e sem assentos, mas só tive 2 a português.

Tanbem gostava de saber quando escrevem mais alguma coisa aqui.

Uma vossa fã
Beijinhos
Tété

Bart Simpson said...

então como é? de férias ou de vacances?