Vídeos com alguma facécia

Agora é possível desfrutar de alguns vídeos relacionados com os textos. Para isso basta carregar no título do post. O título é aquela coisa a Negrito, com umas letras maiores, e que antecede as profícuas palavras deste blog. Advertência: Caros leitores, estão completamente proibidos de ver os vídeos antes de lerem as barbaridades escritas, correndo o risco de serem atingidos por uma comichão deveras desagradável na zona da púbis, seguido de pé-chato nas mãos e escorbuto nos tornozelos.

Wednesday, July 25, 2007

Deputada do PSD Madeira (Rafaela Fernandes) garante que "função das mulheres é procriação"

Acusada pela oposição de utilizar argumentos "retrógrados", de "falsa beatice" e "puritanismo", Rafaela Fernandes voltou a provocar polémica ao acusar os opositores de "passar um atestado de menoridade e de ignorância às mulheres madeirenses que não precisam desta lei para tomar uma decisão destas", pois "quando precisavam de fazer abortos iam lá fora".

Eu sou forçado a defender a deputada Rafaela Fernandes.

Ela não é retrógrada! Tenho ouvido, nos últimos tempos, muitas pessoas insinuarem o mesmo, mas sem tomates para o dizerem, com as letras todas. Chegamos portanto à conclusão que, se R. Fernandes tem tomates, é um homem.

Falsa beatice é talvez o mais calunioso de todos os termos utilizados pela oposição. Pelas palavras proferidas pela deputada social-democarata, eu acredito que a sua beatice é genuína e do mais crente que já vi. Aposto que Rafaela Fernandes é a beata que canta mais alto nas missas.

Relativamente ao termo puritana, não sei até que ponto a deputada confessa o movimento calvinista. Nos vários depoimentos que recolhi junto de fontes próximas, ninguém me elucidou acerca de um especial gosto por ler as tiras "Calvin & Hobbes" de Bill Watterson.



PS: A expressão "iam lá fora" é de uma qualidade própria de muita convivência com Alberto João Jardim. O que será "lá fora"?
Esta expressão faz-me recordar uma história contada pelo Ze Halcon. Um grupo de "residentes" no pavilhão 16-A do Hospital Júlio de Matos, dentro das suas instalações, exclama para quem passa no lado de fora do Hospital ...isso aí dentro deve ser enorme...

3 comments:

Lídia Amorim said...

nunca vi mente mais retrógada!!!

Se o nosso dever é a unicamente a procriação que é que ela está a fazer no PSD???

impressao digital said...

Exactamente!
Toda a razão. A função das mulheres é só procriar.
Se apanham um machista como tu, estás a ver ;)
:))

winner said...

To the owner of this blog, how far youve come?